quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Uma rosa... - Paulo Coelho




Uma rosa desejava a companhia das abelhas, mas nenhuma vinha até ela.
Mesmo assim, a flor ainda era capaz de sonhar.
Ao sentir-se só, imaginava um jardim coberto de abelhas, que vinham lhe beijar.
E conseguia resistir até o próximo dia, quando tornava a abrir suas pétalas.
- Você não está cansada? – perguntou outra rosa.
- Não. Preciso continuar lutando.
- Por quê?
- Porque, se eu não me abrir, eu murcho.

3 comentários:

  1. Olá Ma,

    Querida, estou completamente apaixonada pelos seus origamis! Fazia um tempo que não entrava aqui e agora me deparo com tanta beleza! Nossa, vc deve estar praticando muito éin. Não demora muito vc vira mestre!

    Um beijão...saudade.
    Cate

    ResponderExcluir
  2. Oi que lindo que capricho parabéns por este dom seu trabalho é dez.
    Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e comentar.
Thanks a lot for stopping by, hope to see you again.