terça-feira, 3 de agosto de 2010

A menina e a tempestade



Retirado do Blog do Paulo Coelho

A garota costumava caminhar todos os dias até a escola. Uma tarde de tempestade, ela começou a demorar muito; os ventos sopravam cada vez com mais força, os trovões e raios sacudiam a vizinhança.

A mãe, preocupada, telefonou para a escola, e informaram que a menina já havia saído.

Ao ver que ela não chegava, colocou uma capa de chuva, e saiu – imaginando que a filha devia estar paralisada de medo, escondida talvez na casa de um vizinho, chorando, e esperando a tempestade passar.

Para sua tranquilidade, assim que dobrou a esquina, viu a menina andando lentamente em direção a casa; mas parava cada vez que caía um raio, olhava para o céu, e sorria.

A mãe chegou correndo, colocou a menina debaixo de sua capa, e perguntou por que ela tinha demorado tanto.

“Você não está vendo os flashes?”, disse a criança. “Deus está tirando fotos de mim”.

3 comentários:

  1. Olá!
    Parabéns!
    O seu blog é lindo!
    Quanto capricho e quanta sensibilidade...
    Adorei!
    XD

    ResponderExcluir
  2. Oi Máááá!

    Me lembrou aquele dia, quando nós éramos crianças... Não me passou pela cabeça serem flashes!

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde!
    No dia 06/08 comemoramos o nosso 04 aninhos, de muita arte e lagartixas!! è o aniversário do ateliê e para comemorar com vocês resolvi fazer algo diferente e lançar um desafio. Participem!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e comentar.
Thanks a lot for stopping by, hope to see you again.