sábado, 15 de maio de 2010

Canção do dia de sempre




Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...

E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...
Mário Quintana

3 comentários:

  1. Oi Mááá!
    Lindas as suas rosas Kawasaki!
    boa semana!
    bjs ^^

    ResponderExcluir
  2. Oiii!
    Tudo bom?
    Acabei de criar um blog, sobre origami, e está rolando um sorteio de inauguração!
    Se você quiser participar dá uma passadinha lá por favor!
    origami-gami.blogspot.com
    Ah! Já estou te seguindo! :D
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  3. Inspiradora... maravilhosa criação!!!

    Carla Onishi - S.P.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e comentar.
Thanks a lot for stopping by, hope to see you again.